Neymar Jr.

PSG marca quatro e vence o Anderlecht na Champions League

Nesta quarta-feira (18), o PSG defendeu a sua invencibilidade na Chamipons League em uma grande partida contra o Anderlecht. A equipe venceu por 4 a 0, com golaços de Mbappé, Cavani, Neymar Jr. e Di Maria.

Primeiro tempo –

Demorou três minutos para o PSG abrir o placar contra o Anderlecht. Verratti dominou pela direita e enfiou para Mbappé chutar com precisão a bola por baixo das pernas do goleiro. O Anderlecht sentiu a pressão do time de Paris e passou a atacar mais, ganhando um chute perigoso aos quatro minutos e uma cabeçada defendida aos sete.

Aos 15 minutos, o PSG achou uma chance de contra-ataque. Mbappé acelerou e lançou para Cavani, que pegou de primeira, mas perdeu a chance de um golaço. Aos 23, em uma chance parecida, Mbappé correu e tentou driblar o goleiro, mas não conseguiu. No rebote, Neymar Jr. chutou pelo centro, mas mandou para fora.

Após cruzar os 30 minutos, a partida passou a ficar mais mansa, com poucos lances acontecendo. Até que, aos 44 minutos, Neymar Jr. recebeu de Mbappé e correu até a entrada da área para soltar a bomba. Sels defendeu, Mbappé cabeceou o rebote e Cavani aproveitar para cabecear ao gol e fechar o primeiro tempo.

Segundo tempo –

Com o Anderlecht buscando seu gol de qualquer forma, o PSG teve de buscar espaços no campo. Aos sete minutos, Dani Alves fez um longo cruzamento à área e Neymar Jr. surgiu para cabecear ao gol, mas mandou para fora. O time de Paris continuou dominando o campo e ganhando as melhores oportunidades, como aos 12 minutos, quando Cavani marcou um gol impedido.

Aos 15 minutos, quase outra pintura francesa. Verrati roubou a bola e deixou para Cavani, que passou para Mbappé chutar e mandar para fora. Mas aos 20, a pintura saiu dos pés de Neymar Jr. O craque sofreu e cobrou uma falta a 21m da área, por baixo da barreira, ampliando o placar ao PSG.

Diferente do primeiro tempo, o relógio cruzou os 30 minutos e o Anderlecht não deixou de buscar um gol. Aos 34 minutos, Hanni aproveitou o cruzamento na área e chutou, mas Areola defendeu. No rebote, Onyekuru chutou na cara do gol, mas atingiu a trave, perdendo a chance.

Mas a goleada não havia acabado. Entrando no lugar de Cavani, Di Maria roubou a bola na zaga dos belgas e cobriu o goleiro em um golaço para encerrar a grande partida contra o Anderlecht.

PSG

<
>