Neymar Jr.

Profissionais do Santos explicam o condicionamento físico privilegiado de Neymar Jr.

Em todas as competições que disputa, Neymar Jr. é um dos jogadores que mais recebem faltas. Neste Campeonato Paulista, o santista tem média de 7, 3 por jogo, e é o primeiro da lista dos atletas mais caçados. Mesmo com esses números o camisa 11 do Peixe nunca sofreu uma lesão. O fisiologista do Santos, Luíz Fernando Barros, conta que após toda atividade física as células musculares se rompem e as enzimas caem na corrente sanguínea. Quanto mais enzimas, maior o cansaço. Isso provoca um processo inflamatório, que causa as dores musculares. Após algum tempo as células rompidas são regeneradas e o tecido conjuntivo se restabelece. ‘No caso do Neymar, temos uma resposta exacerbada em relação à atividade, tanto para um desgaste maior, pelo estilo de jogo e pelas pancadas que leva, quanto para a recuperação. Depois dos jogos, ele apresenta várias microlesões que se regeneram rapidamente’. O preparador físico Ricardo Rosa também elogia a estrutura do corpo de Neymar Jr., e a considera ideal para o futebol. ‘Ele tem um corpo preparado para correr com mais eficiência e anatomia perfeita para jogar futebol. Se desloca bem, foge dos adversários, tem boa velocidade e força. A resistência é acima da média, tem baixo percentual de gordura. Tem tudo o que se exige para o futebol. Fisicamente é privilegiado’. Avelino Buongermino, fisioterapeuta do clube, destaca o raciocínio do jogador para se proteger nas jogadas: ‘Ele aprendeu a sair de situações adversas, desviar do adversário, saltar e cair da forma certa sem se machucar. Mas faz sem medo e com alegria. Não deixa de ir para cima’. ‘Ele é um privilegiado. Consegue uma máxima performance mesmo com um biotipo leve. É a natureza, não dá para explicar. Ele sempre foi assim. Acho que o segredo está na alegria de jogar’ revela Neymar, pai de NJr. Por fim, Buongermino explica que a disciplina do atleta é fundamental para o seu desempenho, e que em dois anos Neymar Jr. ganhou 6 kg de massa muscular. ‘A gente faz um trabalho bem voltado para a prevenção de lesões e a resposta de cada atleta é diferente. Mas ele se destaca. Tem muita consciência e se cuida muito. Faz tudo que pedimos’. Leia mais no portal UOL: http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/04/11/genetica-intuicao-e-disciplina-entenda-por-que-neymar-e-um-super-homem.htm

Notícias

<
>