Neymar Jr.

Neymar Jr. tem punho imobilizado, mas não desfalca o Santos nos próximos jogos

Por Helena Passarelli Depois de sofrer uma queda na partida contra o Bahia, no dia 29 de agosto, na Vila Belmiro, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, foi detectado uma entorse no punho direito de Neymar Jr. O atacante santista realizou exames mais precisos na manhã de hoje (20), acompanhado de Rodrigo Zogaib, médico do Santos FC, e com base no resultado, o departamento médico do Santos optou em fazer uma imobilização mais rígida do local durante os períodos de treinamento para que haja uma cicatrização mais rápida. Segundo Mauricio Zenaide, um dos médicos do Peixe, a decisão foi tomada para que o quadro de recuperação do atleta não se estenda. “Ele teve uma entorse no punho com uma lesão ligamentar parcial. Não houve rompimento, apenas um estiramento”, explicou. Dessa forma, Zenaide afirmou que a expectativa é de que Neymar Jr. utilize o gesso por cerca de quatro semanas, mas o período dependerá da recuperação do jogador. “Ele vem sendo acompanhado de uma entorse de punho. Desde então foi iniciado um tratamento, porém, pela sequência de jogos e pelas quedas ocorridas durante as partidas, aumentou o processo inflamatório local”. O camisa 11 do Peixe poderá treinar e jogar normalmente. A única recomendação é que, para as partidas, o gesso que não é permitido em campo, será trocado por uma imobilização menos rígida. Com isso, Neymar Jr. não desfalcará o time nas próximas partidas.

Notícias

<
>