Neymar Jr.

Em grande jogo pela Champions, PSG vence o Barcelona por 3 a 2

Um verdadeiro clássico do futebol mundial aconteceu nesta tarde de terça-feira (30) em Paris, no Parque dos Príncipes. No jogo válido pela Champions League, o PSG venceu o Barcelona por 3 a 2 em partida que marcou a segunda rodada do Grupo F. Os donos da casa saíram na frente, mas o Barça em duas oportunidades encostou no placar, porém, embalados pela torcida que compareceu em peso e com um verdadeiro paredão formado na defesa, o Paris Saint Germain venceu.

O próximo jogo do Barcelona válido pela Champions League será no dia 21 de outubro (terça-feira), diante do Ajax, no Camp Nou. Com a derrota de hoje, o time comandado por Luis Enrique está na 2ª colocação do Grupo F, com 3 pontos. Um a menos que o líder PSG. Em seguida o Ajax aparece com dois pontos e o Apoel com 1.

Por outro lado, a próxima partida do Barcelona será pela Liga Espanhola, neste sábado (04). Contra o Rayo Vallecano, o time culé defende a liderança da competição com 16 pontos.

O Jogo

O primeiro tempo entre PSG e Barcelona foi de tirar o fôlego. Os times souberam aproveitar bem a marcação e ambos levaram perigo nos contra-ataques. No início desta etapa, os donos da casa impuseram o ritmo do jogo, mas no decorrer dos minutos o Barça soube colocar a bola no chão e trabalhar bem suas jogadas.

Mas foi o PSG que conseguiu abrir o placar primeiro e se manter em vantagem no placar até o intervalo. Logo de início os franceses exploraram bem as laterais do campo, principalmente pela direita com a velocidade de Lucas. Thiago Motta também apareceu nas roubadas de bola e foi ele quem deu o primeiro chute a gol, mas ao finalizar o jogador escorregou e a bola subiu demais.

Com novas investidas do PSG quem também levou perigo foi Matuidi depois de cobrança de falta na área culé feita por Lucas. O volante chutou forte no rebote, mas Mascherano apareceu para desviar para escanteio. E em seguida foi a vez do Barcelona buscar seu espaço na partida com jogada entre Pedro e Neymar Jr. O camisa 7 buscou NJr no ataque, mas a bola foi forte demais para o domínio.

Mas em seguida a pressão do Paris e o seu forte aproveitamento em jogadas de bola parada fizeram efeito. Em investida de Maxwell pela esquerda, Daniel Alves colocou a mão na bola e o árbitro marcou falta. Na cobrança, Lucas cruzou na área e na dobradinha brasileira com David Luiz, aos 09 minutos, o zagueiro marcou seu primeiro gol pelo PSG em chute rasteiro de esquerda. PSG 1 a 0 Barcelona.

Só que apesar da empolgação, o Barcelona foi rápido e logo em seguida empatou o jogo em um gol bem trabalhado um minuto depois do tento francês. Neymar Jr começou a jogada pelo meio de campo e tocou para Messi. O camisa 10 tabelou com Iniesta em toques rápidos de primeira, e na devolução para Messi ele colocou a bola no canto esquerdo de Sirigu. Tudo igual em 1 a 1.

Quem também deu trabalho para a zaga catalã foi Cavani. O atacante se mostrou disposto a deixar o seu tento na partida e aos 12 minutos quase fez. Ao receber a bola na entrada da área, Cavani limpou a jogada pra cima de Mathieu e chutou por cima do gol assustando o Barça.

Do outro lado do gol de Stegen, quem apareceu foi a dupla Neymar Jr e Messi. Na tabela, o argentino deixou Neymar Jr na cara do gol com um belo toque de cobertura por cima da zaga do Paris. Com um toque de pé direito, NJr quase fez na saída do goleiro, porém a bola saiu caprichosamente pela linha de fundo.

Depois desta tentativa de ficar na frente do placar protagonizada pelo Barcelona, quem fez foi o PSG. Novamente em jogada de bola parada, Thiago Motta cobrou escanteio pela direita e na saída errada de Stegen o meia Verratti não desperdiçou e completou de cabeça assegurando a vantagem momentânea de 2 a 1 em cima do Barcelona.

Na volta ao segundo tempo o PSG veio embalado pelo seu torcedor que não parou de cantar no jogo. Cavani já tinha ameaçado fazer, mas Mascherano apareceu para afastar o gol, mas quem marcou foi Matuidi em jogada aos 09 minutos.

Na jogada que começou pela direita, Pastore tocou para a passagem de Van derl Wiel. No cruzamento, o lateral cruzou e a bola passou por toda a zaga do Barcelona até chegar em Matuidi que empurrou para o gol. PSG 3 a 1.

Mas assim como havia sido no primeiro tempo, o Barcelona respondeu com rapidez e precisão. Daniel Alves cruzou da direita, Messi subiu mais que a zaga, mas quem aproveitou a chance foi Neymar Jr. Bem posicionado dentro da área do Paris, o camisa 11 dominou de peito e de primeira com o pé direito tirou o goleiro da jogada ao acertar o canto esquerdo. A bola ainda bateu na trave antes de estufar as redes. Barcelona 2 a 3 PSG.

Precisando reverter o placar, o técnico Luis Enrique fez sua primeira mudança no time. Pedro saiu para Munir aproveitar oportunidade no ataque, com 16 minutos. E não parou por aí, pois Xavi também entrou no jogo para a saída do Rakitic. Vendo também as necessidades de sua equipe, Blanc também mudou o PSG. Cabaye entrou no lugar de Verratti.

Com Xavi em campo, o Barcelona também procurou explorar as jogadas de bola parada. Em falta que Messi sofreu pela direita, o meia culé foi na cobrança e na sobra Iniesta quase colocou a bola no ângulo em boa oportunidade do Barcelona.

Com as mudanças no meio de campo e no ataque o Barcelona pressionou o PSG que armou uma verdadeira barreira no seu campo de defesa. Explorando bem as laterais e tentando também nas jogadas pelo meio, o Barça quase empatou com Jordi Alba. Em jogada que começou em cruzamento da direita, o lateral culé apareceu livre no corredor e chutou rasteiro quase marcando um golaço. Se não fosse Marquinhos interceptar a finalização ao se atirar na frente da bola o Barcelona teria grandes chances de fazer.

Neste meio tempo, Luis Enrique mudou novamente. Sandro entrou no lugar de Daniel Alves e logo em seguida o Barcelona teve nova chance clara de gol. O jovem Munir arriscou de fora da área em um chute forte rasteiro de perna esquerda. A bola tinha endereço certo no gol, mas a trave esquerda desviou a finalização para escanteio.

Querendo esfriar o jogo com as investidas do Barcelona, Blanc mudou o time pela segunda vez com a saída de Pastore para a entrada de Chantôme. E em sua última alteração, Lucas saiu sentindo cãibra e Bahebeck entrou.

E nos últimos minutos do jogo cada time teve mais uma oportunidade de marcar novamente. Sandro recebeu dentro da área e com bom espaço para finalizar mandou para fora. Já pelo lado do PSG, Cavani foi parado novamente por Mascherano ao finalizar de canhota, mas apesar da investida do ataque parisiense o placar já estava definido em 3 a 2 para o PSG.

Notícias

<
>