Neymar Jr.

Brasil vence a Espanha por 3 a 0 e é tetracampeão da Copa das Confederações

Por Helena Passarelli

Há exatos 11 anos, o Brasil erguia a taça de campeão do mundo ao vencer a Alemanha. E neste dia 30 de junho de 2013, no Maracanã, esse gesto voltou a acontecer. A Seleção Brasileira venceu a Espanha por 3 a 0 e se consagrou tetracampeã da Copa das Confederações, mas dessa vez foi aos olhos do torcedor brasileiro. Ao enfrentar a atual campeã do mundo, o Brasil tirou a hegemonia espanhola com o velho e famoso futebol brasileiro. Fred por duas vezes e Neymar Jr. foram os nomes do jogo pelos tentos convertidos.

Foram cinco jogos e cinco vitórias. O trabalho mostrado em campo pelo elenco canarinho no comando de Felipão foi coroado nesta noite de domingo (30) no famoso gramado do Maracanã, que inclusive recebeu a torcida brasileira para fazer uma bela festa. Até aqui foram 14 gols marcados e apenas 3 sofridos com 100% de proveitamento. O futebol brasileiro balançou as redes e a forma de consagração foi mostrada por Thiago Silva ao erguer a taça de campeão.

O jogo

Sabe aquele famoso gol de centroavante? Pois então, o camisa 9 da Seleção Brasileira Fred  fez e abriu o placar diante da Espanha para o delírio do torcedor no Maracanã. Com menos de 2 minutos de jogo, Hulk e Oscar tabelaram na direita e o atacante cruzou para a área espanhola. No bate e rebate, Neymar Jr acabou tocando na bola e Fred já caído no chão completou para o fundo do gol. Brasil 1 a 0.

Nos minutos que se passaram no cronômetro, o que se viu foi uma Seleção Brasileira impecável na marcação e que pouco deixou a Espanha trabalhar a sua famosa posse de bola. Já no final do primeiro tempo, em contra-ataque dos espanhóis pela direita, os visitantes quase estragaram a festa brasileira. Quem apareceu para afastar o perigo foi David Luiz que se esticou todo e tirou o chute de Pedro em cima da linha.

Foi também no finalzinho desta etapa que Neymar Jr fez Felipão vibrar no banco de reservas. Em contra ataque puxado depois da roubada de bola, o camisa 10 tabelou com Oscar, que por sua vez deu passe preciso para NJr acertar um belo chute de esquerda no alto do gol de Casillas. Brasil 2 a 0 com boa vantagem para o intervalo.

De volta para o segundo tempo, o Brasil foi preciso novamente nos primeiros minutos. Antes de completar 2 minutos, o Brasil roubou a bola e Hulk recebeu no meio de campo para tocar precisamente para Fred na esquerda que chutou cruzado sem chances para Casillas. Brasil 3 a 0.

Ao levar o 3º gol, o técnico espanhol Del Bosque promoveu a entrada de Navas no lugar de Mata e quase deu certo. O espanhol que entrou no jogo sofreu pênalti de Marcelo aos 9 minutos, só que na cobrança, Sérgio Ramos foi para a bola e mandou para fora levando o Maracanã ao delírio novamente.

A superioridade do Brasil foi vista durante este clássico mundial do futebol e aos 22 minutos do segundo tempo, depois dos gritos de olé, a Espanha viu Piqué levar cartão vermelho ao ser deixado para trás por Neymar Jr. O camisa 10 recebeu em profundidade pela esquerda e partiu em velocidade até a entrada da área espanhola quando foi interceptado pelo zagueiro espanhol.

Com um a menos e depois de sofrer três gols, Del Bosque mudou o time novamente e colocou Villa na partida. O atacante espanhol até tentou em bonito chute pela esquerda, mas Júlio Cesar não fez feio e protagonizou bela defesa. Dos pés de Fred e Neymar e das mãos do goleiro brasileiro, o jogo mais esperado da Copa das Confederações terminou com a vitória brasileira por 3 a 0 em cima da Espanha.

Notícias

<
>