Neymar Jr.

Brasil vence a Argentina e leva o Superclássico das Américas pela 3ª vez consecutiva

Pela 100ª vez Brasil e Argentina já se enfrentaram na história do futebol mundial. O jogo realizado hoje (11), no Ninho do Pássaro, na China, marcou este número expressivo foi marcado por uma importante vitória brasileira. Com dois gols de Diego Tardelli, o Brasil venceu o Superclássico das Américas pela terceira vez consecutiva.

Em um jogo que teve a Argentina marcando forte no primeiro tempo; teve a persistência e calma canarinho para reverter a situação e ainda abrir o placar nesta atapa do jogo. Trabalhando bem os cruzamentos, a Seleção Brasileira chegou ao placar final com duas jogadas dentro da área argentina. Neymar Jr apareceu bem na partida ao levar perigo para Fernández por diversas vezes, mas hoje a bola teimou em  não entrar. Com a vitória neste duelo, Neymar é tricampeçao do Superclássico.

Este jogo na China, porém, não é único  neste período de convocação de Dunga. Hoje mesmo a Seleção viaja para Singapura aonde realiza um amistoso contra o Japão, na terça-feira (14).

O jogo

A Argentina dominou o primeiro tempo contra o Brasil no Estádio Ninho do Pássaro. Só que mesmo com diversas oportunidades de abrir o placar e impondo forte marcação no meio de campo, quem aproveitou uma das poucas chances de marcar foi o Brasil.

Foi apenas aos 27 minutos, depois de Messi, Di Maria e Agüero darem trabalho para a defesa brasileira, que o Brasil chegou ao primeiro gol. Tentando furar a defesa em jogadas aéreas, Oscar cruzou e Fernández  afastou a bola sem perigo. Sozinho na área, Diego tardelli não desperdiçou e de primeira chutou cruzado para abrir o placar. Brasil 1 a 0.

Com a boa vantagem que abriu, o Brasil se soltou mais em campo, principalmente com a mudança de posição de Oscar e Willian. O meia brasileiro passou a jogar mais pela direita, enquanto Willian ficou mais centralizado. Neymar Jr. também apareceu melhor no jogo e quase deixou o seu.

Com jogada que começou na roubada de bola brasileira  na esquerda, Neymar Jr. disparou e levou boa parte dos argentinos atrás de sua corrida. Depois de driblar a marcação e adiantar a bola, o camisa 11 se atrapalhou na hora de finalizar e a conculsão não teve sucesso.

Vendo a ameaça brasileira, a Argentina teve grande chance desperdiçada por Messi. O árbitro chines marcou pênalti de Danilo em cima de Di Maria que não existiu. Na cobrança, Messi encarou o paredão brasileiro à frente do gol. O canto direito foi o escolhido por Messi para a cobrança, mas Jefferson saiu bem na foto e fez ótima defesa impedindo o empate na partida neste primeiro tempo.

O Brasil voltou melhor para o segundo tempo e já com 2 minutos Filipe Luiz recebeu de Neymar na esquerda e na finalização a bola subiu demais. Mas em pouco tempo depois a bola resolveu entrar, novamente com Tardelli.

Após o segundo gol brasileiro, a partida ficou equilibrada com investidas ao ataque por ambas as equipes. Com o jogo aberto para os dois lados, o Brasil aproveitou que estava na frente e Neymar Jr. se aproveitou da velocidade para levar perigo. Luis Gustavo lançou o atacante em profundidade que no toque por cobertura quase marcou um golaço, mas a bola subiu um pouco mais do que o necessário.

Por sua vez, a Argentina também levou perigo, principalmente com Messi que nas bolas paradas assustou. A última oportunidade dos hermanos no jogo, aliás, veio dos pés do camisa 10. Em cobrança de falta, a bola passou bem perto da trave direita, mas Jefferson apenas acompanhou a bola sair e com isso concretizar a vitória brasileira no Superclássico das Américas por 2 a 0.

Notícias

<
>