Neymar Jr.

Barcelona vence o Apoel em noite de estreia na Champions League

A noite desta quarta-feira (17) marcou a estreia do Barcelona na Champions League e ainda por cima com vitória de 1 a 0 em cima do Apoel. Jogando em casa, no Camp Nou, o Barça estreou com o pé direito, ou melhor com a cabeçada de Piqué, ainda no primeiro tempo e ficou com os três pontos do Grupo F.

O próximo encontro do Barcelona na Champions será no clássico europeu contra o PSG, no dia 30 de setembro (terça-feira). Mas antes disso o time comandado por Luis Enrique terá mais três jogos pela Liga Espanhola. Domingo (21) joga contra o Levante e na semana seguinte encontra o Málaga (24) e o Granada (27).

O jogo

O Barcelona encontrou um verdadeiro paredão amarelo no Camp Nou. O Apoel veio decidido a não facilitar a partida para os donos da casa e investiu nos contra-ataques ao colocar todos os seus jogadores na defesa. O Barça por sua vez, com o tempo, foi chegando perto do gol adversário e foi quem mais criou chances de gol.

E foi em uma destas investidas do Apoel que a primeira finalização aconteceu. Mas bem colocado em campo, o Barcelona tem Neymar Jr e Messi em bom momento de entrosamento neste início de temporada. O camisa 10 quase abriu o placar de falta aos 11 minutos. Urko teve trabalho para defender esta cobrança que passou por cima da barreira com endereço certo no canto direito se não fosse o goleiro defender.

A tabelinha Brasil Argentina começou a funcionar ainda antes dos 20 minutos. Messi criou boa oportunidade pela direita e tocou para Neymar Jr. O camisa 11 recebeu do outro lado do campo e no chute preciso finalizou, mas não acertou a meta do Apoel. Mas pouco tempo depois o Barcelona teve sua recompensa ofensiva no jogo.

Daniel Alves sofreu falta dura de Marios Antoniades na lateral direita. Na cobrança, Messi foi preciso e cruzou a bola na cabeça de Piqué. O zagueiro subiu mais que todos e de dentro da pequena área converteu o primeiro gol do Barcelona na Champions League. Barcelona 1 a 0.

Melhor na partida, o Barça continuou prendendo a atenção do torcedor no Camp Nou. Em uma das melhores jogadas deste primeiro tempo, Messi quase deixou o seu gol. Neymar Jr recebeu na linha de fundo da ponta esquerda e esperou Messi chegar para a finalização. No chute forte em direção ao gol, Pardo fez bela defesa.

Ainda tendo tempo para aumentar sua vantagem; foi a vez de NJr finalizar mais uma vez. Messi tocou para a área do Apoel e Neymar Jr no chute foi travado pela defesa. Após esta tentativa o árbitro da partida apitou o final desta etapa.

Na volta ao gramado o jogo não mudou muito do que foi no primeiro tempo. O Barcelona voltou a investir contra o Apoel, mas que por sua vez procurou sair mais da defesa. Neymar Jr logo de início, aos 10 minutos, quase fez depois de lançamento de Xavi, mas não teve domínio completo da bola ao chutar.

O Apoel tentou responder com De Vicenti, que recebeu pela esquerda, limpou a jogada e no chute forte a bola desviou em Bartra para escanteio. Em seguida foi a vez dos técnicos aparecerm com uma substituição para cada lado. Iniesta entrou no lugar de Xavi e pelo Apoel Manduca entrou no lugar de Tiago Gomes.

Até então sem muitas chances na partida, o jovem Munir teve um gol anulado antes de ser substituído. Em jogada bem trabalhada no meio de campo, Neymar Jr recebeu lançamento na área e de cabeça finalizou para o gol. Munir que estava em posição de impedimento ao lado da trave esquerda completou para o gol, também de cabeça, mas a jogada não estava mais valendo. Logo em seguida ele cedeu sua vaga para Sandro.

Com novas alterações o jogou perdeu um pouco de ritmo. O Apoel mudou novamente com a entrada de Charalambides no lugar de Tomás de Vicenti e em seguida Sergi Roberto saiu para Rafinha entrar.

Antes do apito final o Barcelona teve duas grandes chances em sua estreia. Sandro em chute de fora da área chegou perto do gol, mas a bola saiu pela esquerda. Aos 45 foi a melhor oportunidade do segundo tempo para o Barça ampliar. Neymar Jr limpou bem a jogada e no chute forte de perna direita soltou a bomba que foi defendida por Pardo. No rebote, Messi disparou para completar para as redes, mas foi travado pelo zagueiro.

Notícias

<
>