Neymar Jr.

Barcelona vence Manchester City por 2 a 1 e se classifica para as quartas de final da Champions League

O campeonato mais importante de Europa apresentou hoje mais uma boa partida entre Barcelona e Manchester City válido pelas oitavas de final da Champions League. O time catalão já tinha boa vantagem no jogo de ida, com o placar de 2 a 0, e nesta noite de quarta-feira (12) carimbou seu passaporte para as quartas de final da competição com a vitória de 2 a 1 no Camp Nou. Messi e Daniel Alves marcaram para os ingleses, Kompany fez o gol de honra.

Para a partida o treinador do Barça trocou Neymar Jr de posição para então atuar pela direita e mais próximo de Messi e Daniel Alves. Foi por esse lado do campo que saíram as principais jogadas do Barcelona, que inclusive resultaram nos dois tentos do time. Mas quem pensa que o lado esquerdo ficou esquecido se engana, pois Iniesta ocupou bem esta parte do campo dando trabalho principalmente para Zabaleta, que no 2º tempo foi expulso por reclamação após levar dois cartões amarelos.

Com esta importante vitória o Barcelona segue vivo na Champions e agora aguarda o sorteio das quartas de final para saber seu próximo adversário para o dia 1º ou 2 de abril. Bayern de Munique, Paris Sant Germain e Atlético de Madrid já se garantiram também. Os quatro times restantes serão conhecidos na semana do dia 18 de março.

O jogo

O primeiro tempo entre Barça e Manchester City com certeza fez com que o telespectador não desgrudasse os olhos da tv e o torcedor no Camp Nou incentivasse os times nos 45 minutos. Defendendo sua vantagem adquirida no primeiro jogo das oitavas, o Barcelona envolveu os visitantes com seu toque de bola e aos 17 minutos quase ampliou sua vantagem se o gol de Neymar Jr não tivesse sido anulado por impedimento de Messi.

No decorrer desta etapa não se viu muitas investidas no ataque, mas por outro lado o árbitro francês teve trabalho com o jogo pegado e muitas faltas marcadas pelos jogadores do time inglês. Iniesta dominou o meio de campo com boa atuação e acabou sofrendo mais com a marcação. Atuando pela lateral direita, Neymar Jr foi quem teve as melhores oportunidades reais de gol no 1º tempo, junto de Xavi que parou na defesa de Hart.

Na primeira, aos 38 minutos, Neymar recebeu em profundidade e tirou o zagueiro da jogada com um toque de cabeça, mas na finalização de perna direita a bola saiu gentilmente ao lado da trave. Em outra chance, após bela jogada de Messi no meio de campo, o camisa 11 tentou tirar o chute do goleiro na finalização, mas Fernandinho apareceu de surpresa e evitou o gol jogando a bola para escanteio.

O City respondeu em seguida em boa jogada que envolveu a zaga culé, mas que parou na defesa de Valdés. Yaya Touré lançou David Silva que de primeira deixou Nasri na cara do gol ao chutar de perna direita nas mãos do goleiro. Com as melhores chances de abrir o placar pelas equipes no final desta etapa, o melhor ficou para depois do intervalo.

A volta para o jogo também botou fogo dentro de campo. Aos 5 minutos Neymar Jr interceptou passe da zaga inglesa e logo lançou Messi em profundidade. O argentino levou o marcador até a entrada da área, limpou a jogada e de esquerda em chute rasteiro acertou em cheio a trave. Segundos depois o City não deixou a desejar e respondeu na medida. Na jogada de bola alta na área do Barcelona, Dzeko subiu para cabecear e exigir boa defesa de Valdés.

Mas com o jogo bom e com possibilidades para os dois lados, a rede não demorou a balançar e quem abriu o placar foi o Barcelona. Fábregas acionou Messi no meio da zaga, que se atrapalhou para cortar a jogada. Ligado na jogada o camisa 10 não desperdiçou a falha e converteu fazendo Barcelona 1 a 0, aos 21 minutos.

Após o gol Tata Martino tirou Neymar Jr e colocou Sánchez mantendo a ofensividade do time. Mas quem aproveitou o ataque foi o Manchester City que deixou o seu gol na partida. Aos 44 minutos Kompany recebeu na área e empurrou para o fundo do gol. Os jogadores do Barcelona reclamaram impedimento, mas o árbitro validou o tento inglês.

Porém o jogo não poderia terminar sem ter a contribuição de Iniesta que fez boa partida. Sánchez tocou para o camisa 8 que invadiu a área, tirou o zagueiro e o goleiro da jogada e deixou Daniel Alves livre para marcar um gol brasileiro e garantir de vez a classificação do time catalão nas quartas de final da Champions Legue, com o placar de 2 a 1 no Camp Nou.

Notícias

<
>