Neymar Jr.

Barcelona se consagra contra o Atlético e é Campeão Espanhol com uma rodada de antecedência

A Catalunia está em festa nesta noite de domingo (17). Com uma rodada de antecedência o Barcelona é o novo Campeão Espanhol, após vencer o Atlético de Madrid por 1 a 0 com gol de Messi. Atuando no Vicente Calderón, o time culé mostrou seu estilo de jogo constante durante a competição em que teve 37 jogos disputados, sendo 30 vitórias, 3 empates e 4 derrotas. Até aqui, durante o percursso, foram 93 pontos feitos e 108 gols marcados pelo elenco blaugrana, que hoje deu o 1º passo na busca do triplete da temporada europeia.

Em se tratando de história, o Barcelona que na temporada passada perdeu o título espanhol para o Atlético de Madrid, hoje se consagra em cima do mesmo adversário ao levantar o troféu da competição pela 23ª vez, sendo campeão pela 5ª vez nas últimas sete temporadas.

O jogo

O Barcelona encontrou um verdadeiro paredão do Atlético de Madrid no Vincente Calderón. Com boa vantagem para conquistar o título do Campeonato Espanhol 2015, o Barça manteve a maior posse de bola do primeiro tempo, mas também encontrou dificuldades de furar o bloqueio dos donos da casa.

Já logo no início do jogo Bravo foi acionado e fez grande defesa. Em jogada pelo alto Giménez subiu de cabeça e com bom reflexo o goleiro do Barça saltou e jogou pra escanteio jogando a bola por cima do travessão.

O Barça não deixou barato o susto levado e logo respondeu com Messi, aos 11 minutos, após receber na entrada da área e chutar para a defesa de Oblak. Nos dois lances seguintes houve polêmica com a arbitragem, em que o Barcelona pediu marcação de pênalti. Na primeira oportunidade Messi cabeceou em direção ao gol e a acertou a mão de Juanfran e aos 30 minutos Daniel Alves teve sua camisa puxada por Godín na lateral e caiu dentro da área.

Os jogadores pediram pênalti nas duas oportunidades, mas o árbitro da partida não marcou no primeiro lance e no segundo apontou falta para o Barça fora da área. Na cobrança Messi acertou o travessão dando susto no Atlético.

Apesar de ter as melhores tentativas na partida, o Barcelona teve trabalho com as investidas do Atlético de madrid, que optou em jogar no erro do time culé, mas sem êxito de gols no entanto. Antes do apito para o intervalo, Daniel Alves Acertou um chute incrível do meio de campo e Oblak apareceu para fazer grande defesa e mandar para escanteio.

De volta ao campo o jogo seguiu disputado. Griezmann ganhou disputa com Iniesta, que levou uma bolada no rosto e desabou no chão, e na sequência passou perto do gol de Bravo. Mas de tanto trabalhar a bola e insistir em furar a defesa adversária, o Barcelona abriu o placar.

Com 20 minutos Alba recebeu na esquerda e tocou para Messi. O camisa 10 recebeu na entrada da área, tabelou com Pedro e na finalização acertou o canto esquerdo de Oblak e deixou o Barcelona com a mão na taça do espanhol fazendo 1 a 0.

Nos instantes seguintes Neymar Jr. teve duas grandes oportunidades para aumentar o placar. Em uma delas recebeu de Iniesta e de cabeça raspou a trave finalizando para fora. E na segunda tentativa, em jogada rápida de contra-ataque do Barça, Messi se livrou da marcação e tocou para Neymar Jr. Vindo de trás e na velocidade, o camisa 11 chutou muito forte e a bola subiu demais por cima do gol de Oblak.

Mas o Barcelona não parou por ai, pois Pedro quase ampliou a vantagem em jogada individual. Depois de receber na entrada da área, o camisa 7 limpou a jogada e no chute forte de fora da área passou perto da trabe do Atlético.

O clima que esquentou no final da partida após Godín partir para cima de Neymar Jr. e por Messi ter se estranhado com o adversário também, não foi o suficiente para estragar a festa do Barcelona no Vicente Calderón ao erguer a taça de campeão da Liga Espanhola.

Notícias

<
>