Neymar Jr.

Barcelona não supera a defesa do Getafe e fica no 0 a 0

Neste sábado (13) o gol insistiu em não sair no jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Espanhol entre Getafe e FC Barcelona. Com o placar de 0 a 0, a partida terminou empatada no Estádio Coliseum Alfonso Pérez. O time comandado por Luis Enrique teve boas chances de marcar com Messi em bola parada, mas a defesa do Getafe veio decidida a parar o ataque culé.

Sem Neymar Jr. em campo, poupado após sentir dores no tornozelo, o Barcelona somou um ponto na tabela e continuou na segunda colocação da Liga com 35 pontos. A próxima partida válida pelo campeonato acontece dia 20, contra o Córdoba no Camp Nou. O jogo será o último do ano para o Barcelona, que antes disso encara o Huesca em casa, pelo segundo jogo válido pela Cola del Rey, na terça-feira (16).

O jogo

O Barcelona visitou o Getafe no estádio Coliseum e encontrou dificuldades no primeiro tempo para furar a zaga dos donos da casa. Bem colocados na defesa, o Getafe preferiu arriscar menos e o contra-ataque foi o jeito escolhido para buscar uma possível vantagem em cima do Barça que teve a maior posse de bola desta etapa.

O primeiro lance de perigo saiu apenas aos 18 minutos pelo lado do Barcelona. Rakitic chutou forte, mas a bola bateu na defesa. Na sobra, Messi limpou a jogada e arriscou para a defesa de Guaita. Um minuto depois foi a vez de Xavi. O meia cruzou e Guaita apareceu novamente para afastar o perigo momentaneamente. Busquets tentou marcar, mas foi Suárez quem quase fez. O atacante desviou, em posição de impedimento, mas a bola também subiu demais e passou por cima do gol.

Durante o jogo dois momentos polêmicos marcaram a arbitragem. Com pedidos de marcação de pênalti por ambos os lados, após Naldo e Daniel Alves colocarem a mão na bola, sendo que o árbitro não marcou penalidade em nenhum lance. Após este momento, o primeiro lance de perigo do Getafe saiu.

Aos 33 minutos, em contra-ataque, Alexis lançou Lafita ao ataque. O jogador do Getafe se livrou de Daniel Alves e no chute cruzado Bravo fez ótima defesa se esticando todo e mandando para a linha de fundo. Sem muitos lances com chances de gol, a partida caminhou no 0 a 0 para o intervalo.

Na volta ao gramado Messi assustou o goleiro Guaita. Com apenas 6 minutos, o camisa 10 sofreu falta na entrada da área e ele próprio foi para a cobrança. Em um belo chute, Messi acertou o travessão com tudo causando preocupação ao adversário. E de bola parada foi que o Barcelona chegou novamente ao gol do Getafe.

Dono de uma cobrança perigosa, Messi apareceu mais uma vez para buscar o primeiro gol do jogo. Pela direita, o argentino teve cobrança venenosa direto para o gol fazendo o goleiro Guaita ficar atento e se esticar para evitar o gol do Barça.

A pressão continuou no decorrer do segundo tempo, principalmente pela esquerda com o apoio de Jordi Alba a Iniesta, que entrou no lugar de Rakitic. Apesar das boas chances promovidas pelo time de Luis Enrique, a zaga do Getafe foi insistente e com quase o time inteiro na defesa o gol não saiu. Antes do apito final, houve um lance polêmico. O Getafe estava armando contra-ataque, já nos acréscimos, mas o árbitro apitou o fim da partida gerando muitas reclamações dos donos da casa. Mas o placar já estava definidou e a partida ficou no 0 a 0 em Madrid.

Notícias

<
>