Neymar Jr.

Barcelona desempata no final e derrota o Real Madrid em ‘El Clásico’ decisivo no Campeonato Espanhol

Cada torcedor que foi ao Santiago Bernabéu neste domingo (23) teve o que queria. O ‘El Clásico’ decisivo à La Liga teve de tudo e mais um pouco. No fim, com dois gols de Messi e um de Rakitic, o Barcelona desempatou no último minuto e derrotou o Real Madrid por 3 a 2. Agora a equipe culé volta à campo na próxima quarta-feira (26), contra o Osasuña.

Primeiro tempo –

Os cinco primeiros minutos no Santiago Bernabéu foram sufocantes para o Barcelona, que não conseguia rolar a bola. Mas a primeira bola perigosa foi dos culés, após Alba encontrar Suárez no centro, que soltou uma bomba, mas mandou para fora. O Barça passava a se soltar mais aos o lance, mas o duelo continuava tenso. Aos 17 minutos, foi a vez de Benzema receber no centro e chutar, mas Ter Stegen defendeu com facilidade.

20 minutos em campo e Cristiano Ronaldo achou um espaço pela esquerda para fazer o seu primeiro chute, forçando Ter Stegen a fazer outra incrível defesa. O Real Madrid se aproveitava de alguns erros na defesa catalã e o Barça voltava a perigar. Tanto que aos 28, após um escanteio, Ter Stegen defende, Marcelo manda de volta para área e Ramos chutar na trave. No rebote, Casemiro balança as redes.

Mas os catalães responderam. Rakitc e Busquets trocaram passes e Suárez deixou o último toque passar para Messi pegar, limpar a zaga e empatar o jogo. O Real quase desempatou no lance seguinte, quando Modric ficou livre para chutar de fora de área, mas Ter Stegen fez mais uma bela defesa.

O jogo esquentava e cada lance de ambos os times levava a torcida à loucura. Os últimos minutos do primeiro tempo foram comandados pelo Barça. No último minuto, Rakitic cobrou escanteio na segunda trave e Messi tentou empurrar a bola ao desempate, mas empurrou para fora, terminando a primeira etapa.

Segundo tempo -

Como no primeiro tempo, o Real Madrid começou pressionando. Kroos teve uma boa chance na bomba que soltou ao gol, mas Ter Stegen estava lá para impedir. Benzema também teve chance parecida, dessa vez de cabeça, mas o goleiro alemão bloqueia. Enquanto isso, do outro lado, Rakitic deixou Alcácer cara a cara com Navas, mas mandou para fora. O duelo continuava equilibrado, com a pressão dividida.

Aos 13 minutos, após uma cobrança de escanteio, Piqué levantou mais alto que todos para quase marcar, mas Navas foi mais rápido à defesa. Os ânimos esquentavam e mesmo com o empate, o resultado era incerto. Aos 21, após uma falha do Barça no lado esquerdo, Asensio levou a bola sozinho e deixou para Cr7, que mandou para fora. No troco, Iniesta deixou de trivela para Suárez chutar e Navas defender.

O Barça parecia levar a maior pressão no Bernabéu, até que, aos 27 minutos, Messi levou a bola a entrada da área e decidiu deixa-la com Rakitic. O croata driblou Kroos e mandou uma bomba para desempatar. Após o gol, as faltas começaram a ficar mais frequentes e Sergio Ramos acabou expulso. Aproveitando-se disso, André Gomes, que entrou há pouco tempo, conseguiu deixar Piqué na cara do gol, mas Navas fez outra grande defesa.

O jogo entrava em reta final e o ritmo não caía. Mas quando tudo corria muito bem aos catalães, James Rodríguez entrou livre na área, recebeu de Marcelo e empatou. Mas os dois minutos de acréscimo fizeram milagre. Sergi roubou a bola na defesa, deixou para André, que só deixou Alba passar à Messi. O camisa 10 chutou com confiança e desempata, dando a vitória ao Barça.

Barcelona

<
>