Neymar Jr.

Barcelona derrota Atlético de Madrid e se classifica para a final da Copa do Rei

O clássico entre Barcelona e Atlético de Madrid foi complicado, mas o time catalão garantiu sua classificação na final da Copa do Rei. Com gol de Suárez, o time empatou a partida, mas, por pontos, conseguiu a vaga. A próxima partida do time catalão já terá Neymar Jr. de volta aos campos e será neste sábado (11), contra Alavés, pela Liga.

Primeiro tempo –

Seja dentro ou fora do Camp Nou, foi difícil para a torcida de ambos os times manter o fôlego no primeiro tempo. Com ataque seguido de ataque, o clássico entre Atlético de Madrid e Barcelona ficava cada vez mais intenso na semifinal da Copa do Rei. Aos cinco minutos, Suárez recebeu de Arda, driblou Savic e quase marcou o primeiro gol, para o susto do Atlético. No contra-ataque, Carrasco e Koke montaram uma jogada para invadir a área catalã e também quase deixaram o deles.

Aos 11 minutos, o Atlético chegou perto de novo após uma cobrança de falta de Koke que Griezmann aproveitou para desviar ao gol, mas Cillessen estava atento na defesa. O Barcelona se sentia pressionado, mas continuava ofensivo dentro de campo. Com 27 minutos de jogo, Denis Suárez e Arda conseguiram deixar uma boa bola à Messi, que invadia pela esquerda, mas o chute do argentino não foi o dos melhores e a chance foi perdida.

Com o primeiro tempo do duelo chegando ao fim, o clima intenso também caiu. O Atlético passou a pressionar menos, dando mais abertura a passes da equipe catalã. Assim surgiu uma grande oportunidade. Fechando com chave de ouro a primeira etapa, Messi recebeu de André Gomes pelo meio, invadiu a área e chutou, no rebote da defesa, Suárez surgiu para abrir o placar.

Segundo tempo –

O segundo tempo teve um começo um pouco diferente do primeiro. Ambos os times ainda arriscavam bastante, mas dessa vez a cautela era maior. O Barça acabou levando dois sustos. Aos 11 minutos, a equipe foi forçada a jogar com um atleta a menos em campo com a expulsão de Sergi Roberto e aos 14, Griezmann dominou na área após uma falha na zaga catalã e chutou para marcar. Para o alívio da torcida, o gol foi anulado.

O jogo continuou cauteloso e sem grandes chances para os dois lados, até que, aos 23 minutos, Belga derrubou Turan e o juiz decidiu puxar o cartão vermelho novamente, deixando tudo igual no campo. Algumas faltas tomaram controle do jogo, atrapalhando o clássico na semifinal. Messi tentou mudar as coisas e ampliar para os catalães quando cobrou uma incrível falta, aos 33 minutos, mas a bola bateu na trave e Suárez não alcançou o rebote.

Mas o Atlético de Madrid ainda tinha vida no Camp Nou. Aos 35, após um pênalti cometido por Piqué, Gameiro errou um pênalti e, para se redimir, logo em seguida, Griezmann recebeu na área e deixou o companheiro empatar a partida. Caso os madrilenhos fizessem mais um, a classificação não ficava certa aos catalães.

As duas equipes tentaram até o fim, com direito a faltas, cera, reclamações e “quase gols”, mas no fim, o Barcelona reinou superior e garantiu sua classificação na final da Copa do Rei.

Foto: Manu Fernandez/AP

Barcelona

<
>