Neymar Jr.

“Como o Felipão disse: chegou a hora”, afirma Neymar Jr que vive expectativa de sua estreia na Copa do Mundo

Na véspera de um jogo importante, ainda mais na Copa do Mundo, a principal pergunta que todo jogador deve se fazer é se ele sairá jogando entre os titulares na partida. Pois bem, foi das palavras de Neymar Jr, que na tarde desta quarta-feira (11), o camisa 10 questionou Felipão de sua condição como atleta, um dia antes da estreia diante da Croácia, amanhã, no Itaquerão, às 17 horas.

Em tom de brincadeira, um dos jornalistas pediu que Neymar Jr e Felipão trocassem uma pergunta cada e o atacante questionou o comandante. “Professor vou jogar amanhã (risos)? Só pra eu dormir tranquilo”, perguntou. Em resposta, Felipão disse. “Vou ter que pensar (risos). Não vou te fazer uma pergunta, mas sim uma afirmação, pode dormir tranquilo”.

Brincadeiras à parte, Neymar Jr conduziu suas respostas para as dúvidas dos jornalistas sobre como está sendo sua preparação na véspera do jogo, ainda mais por seu sua estreia em Copa do Mundo. Com poucas horas de distância para a partida, Neymar Jr falou da realização de um sonho de criança.

“Como o Felipão disse, até arrepiou, chegou a hora! O momento que todos os brasileiros, e acho que o mundo espera, e principalmente nós jogadores e comissão, que esse dia de hoje passe o mais rápido. Estou ansioso sim, mas ao mesmo tempo a felicidade de estar aonde eu estou é muito grande, porque muitas pessoas queriam estar aqui. Recebo mensagens de mtos amigos de q estou realizando o meu sonho e o deles também”, afirmou NJR que espera ajudar sua equipe da melhor forma possível a realizar o sonho de seus companheiros e dos brasileiros que é conquistar o mundial.

E para que este sonho se torne realidade, Neymar Jr sabe que o caminho até a grande final não será fácil. Contando com a paciência do time em encontrar os espaços para a vitória, diante dos adversários, e tendo um grande aliado nos jogos, o sucesso pode chegar com gosto de título segundo NJR. “Paciência o nosso time tem bastante. A gente sabe que não vai ter jogo fácil; é Copa do Mundo, o jogo é decidido no detalhe e estamos nos preparando para não errar”. E se tratando da força extra, ele emendou analisando o papel da torcida pelo Brasil.

“Querendo ou não é o 12º jogador e o principal jogador é a torcida. Estamos jogando em casa e se a torcida estiver ao nosso lado 100% acho que é difícil ganhar da Seleção Brasileira”.

Não tendo como objetivo principal as premiações individuais, Neymar enfatiza que o que mais quer hoje é o título de campeão mundial com sua equipe. Ele ainda afirma que está preparado para ajudar o grupo dentro de campo e que ninguém irá jogar sozinho, porque juntos irão trilhar o caminho da vitória e do sucesso.

Enquanto isso, Neymar Jr vive a ansiedade e a expectativa de acordar para já entrar em campo no Itaquerão, diante da torcida canário. Remetendo uma lembrança de um título importante em sua carreira, ele falou do sentimento de viver este momento que antecede um feito importante em sua vida e carreira.

“Uma vez estava muito ansioso pra dormir. Foi na final da Libertadores. Eu e o Ganso fomos dormir lá por 5, 6 horas da manhã. Estou ansioso, mas creio que estou mais velho, mais maduro e acho que não vai ter problema não. Vou dormir tranquilo sim”.

E por falar em passado, Neymar Jr citou dois ídolos de Copa do Mundo em suas lembranças de garoto. Romário e Ronaldo foram os citados. Só que hoje, Neymar Jr pode se deparar com outa realidade, a de atuar contra grandes craques e ídolos da atualidade. “Têm muitos (craques), de muita qualidade de estar na copa. É difícil falar um, mas sou muito fã do Messi e do Cristiano Ronaldo, então acho que esses dois jogadores são craques que podem despontar na Copa do Mundo”, disse.

Estes encontros ainda podem se tornar realidade, mas uma certeza ele já tem. Pois quem receberá a tão cobiçada camisa de Neymar Jr, ainda mais sendo a 10, será sua mãe Nadine. “É uma honra, um orgulho muito grande estar vestindo um número que muitos craques já vestiram. E a primeira camisa não tem o que falar é pra minha mãe. A pessoa mais especial, tanto ela quanto meu filho, minha irmã e meu pai e a primeira camisa vai pra minha mãe”, decretou.

E se a camisa 10 de amanhã já tem dona, o primeiro gol na Copa do Mundo ele também já decidiu como quer que aconteça. “Eu espero que seja o mais fácil. Sabe aquelas bolas que sobra sem goleiro, sem nada? Espero que seja esse (risos)”.

Pois então, que comece a Copa do Mundo!

...

#LinhaBrasil #partiucopa – Clique aqui e torça com o Neymar Jr

Notícias

<
>