Neymar Jr.

Neymar Jr. participa de campanha da FIFA contra o vírus Ebola

Na última segunda-feira (17) começou a ser veiculada na internet uma campanha produzida pela FIFA e a Confederação de Futebol Africano, em conjunto com especialistas em saúde do mundo inteiro, que tem como objetivo evitar a propagação do vírus Ebola. Visando prevenir a doença que já fez mais de 5 mil vítimas fatais, principalmente em países como Guiné, Libéria e Serra Leoa, grandes nomes do futebol mundial entraram nesta luta.

Neymar Jr. gravou um vídeo para a campanha no qual mostra o que a população deve fazer para evitar o contágio pelo Ebola. O atacante da Seleção Brasileira e do FC Barcelona ainda comentou que informação é o fator determinante para se prevenir da doença. "É muito importante que nós temos a informação correta para os afetados pelo surto de Ebola. Todos nós esperamos que esta campanha positiva irá melhorar a compreensão das pessoas sobre o vírus Ebola e nos ajudar a reduzir as chances de que ele se propague. Juntos, podemos vencer o Ebola”.

Outros importantes nomes do mundo da bola também contribuíram para a nobre causa. Drogba, do Chelsea, Cristiano Ronaldo, do Real Madrid e Lahm, do Bayern de Munique foram alguns dos atletas que ajudaram a FIFA nesta campanha. Com o slogan “Together, we can beat Ebola” e a hashtag #wecanbeatebola, a campanha “11 contra o Ebola” pretende usar a imagem de Neymar Jr. e os demais jogadores para ajudar no combate da epidemia.

Representando a entidade máxima do futebol, Joseph Blatter, presidente da FIFA, afirmou “A popularidade do futebol nos dá uma plataforma única para chegar a todas as comunidades. Esperamos que o futebol possa desempenhar o seu papel e que esta campanha contra o Ebola possa fazer uma diferença real. O mundo está unido para combater o vírus e para ajudar aqueles que vivem em comunidades afetadas”, resumiu.

Fazendo uma referência ao nome da campanha da FIFA, “11 contra o Ebola”, 11 mensagens sobre o vírus foram criadas pelos médicos da Organização Mundial de Saúde, o grupo do Banco Mundial e outros profissionais da saúde para serem gravadas por Neymar Jr e os outros atletas.

Confira as 11 mensagens:

Relatório doenças incomuns: relate qualquer doença incomum ou mortes em sua comunidade.

Conhecer os sintomas: você tem uma febre com a perda de apetite, dor de cabeça, fadiga, dor, vômitos, sangramento ou diarreia?

Procure ajuda médica imediata: por favor, procure ajuda médica urgente se tiver febre com sintomas adicionais.

Evite o contato do corpo: evitar direto, pele e contato do corpo com alguém que sofre de Ebola.

Lave as mãos: lavar as mãos regularmente e desinfectar qualquer coisa tocada por suspeitos ou confirmados sofredores de Ebola.

Use proteção adequada: Usar luvas e vestuário de proteção adequado, se você está cuidando de um doente de Ebola, e obter a instrução correta para o uso de roupas de proteção.

Cozinhe a carne corretamente: cozinhar todos os produtos de carne e animais cuidadosamente antes do consumo.

Sempre praticar o sexo seguro: usar a proteção se você está tendo sexo com alguém se recuperando de Ebola.

Evite o contato com animais silvestres e morcegos: animais silvestres e morcegos podem transportar o vírus Ebola. Evite-os.

Não toque os mortos: evitar o contato direto com as vítimas do Ebola mortas ou qualquer pessoa que tenha morrido de uma doença estranha.

Procure ajuda para enterros: procure a ajuda de autoridades locais para enterrar quaisquer vítimas de Ebola ou doenças estranhas.

Notícias

<
>