Neymar Jr.

Neymar Jr. marca seu 50º gol na Seleção Brasileira em vitória sobre a Argentina

A Seleção Brasileira garantiu a vitória no clássico contra a Argentina. O time venceu por 3 a 0 no Mineirão, na noite desta quinta-feira (10). Philipe Coutinho, Neymar Jr (Com seu 50º gol na equipe) e Paulinho fizeram as pinturas da partida. Agora o Brasil volta em campo na quarta-feira (16), em Lima, contra o Peru.

Primeiro tempo –

Com o Mineirão lotado, começava o duelo de gigantes. A Seleção argentina começou o jogo trocando passes e esperando uma boa oportunidade para roubar a bola, enquanto o Brasil procurava se sentir mais à vontade em campo. Os 15 primeiros foram marcados por uma partida sem finalizações, bem equilibrada e repleta de faltas. Ambos os times arriscavam pouco.

Aos 22, com a Argentina mais confortável na partida, Messi cruzou a bola e deixou Biglia em boa condição de gol. O atleta chutou, mas Alisson saiu bem e impediu o gol. Como resposta, aos 24 minutos, Neymar Jr. fez um rápido passe para Coutinho cortar a marcação, chutar de fora da área e abrir o placar. 1 a 0 no Mineirão.

A Argentina passou a pressionar a saída de bola dos brasileiros e isso resultou em uma perigosa falta em Messi, aos 36 minutos. Na cobrança, a barreira afastou o perigo. No lance seguinte, após um escanteio argentino, NJr ficou com a bola e acelerou sozinho à área adversário. O craque limpou a marcação, mas acabou mandando para fora.

O jogo era perigoso demais e a torcida ficava apreensiva a cada lance. Até que no último minuto do primeiro tempo, o ataque brasileiro decidiu acalmá-los. Gabriel Jesus recebeu a bola, se livrou da marcação e enfiou a bola para Neymar Jr. fazer um chute certeiro e marcar seu 50º gol na Seleção Brasileira, encerrando a primeira etapa do clássico.

Segundo tempo -

Logo aos dois minutos, Neymar Jr. deu uma arrancada do lado esquerdo e deixou Gabriel Jesus na cara do gol. No chute, o camisa nove mandou para fora. Aos nove minutos, o Brasil causava perigo na área adversária. Gabriel perdeu a bola, Paulinho recuperou, driblou o goleiro e, mesmo com o gol livre, perdeu a chance.

Mas logo Paulinho se redimiu. Aos 13 minutos, Marcelo lançou a bola na área, Renato Augusto não deixou ela sair e Paulinho chegou livre para ampliar. Após o gol, o Brasil ficou completamente livre em campo, driblando e chegando facilmente na área, mas as frequentes faltas em ambos os lados atrapalhavam o andamento do confronto.

O ritmo do jogo ia caindo e a Seleção Brasileira era a única que reagia em campo. Aos 39, Renato Augusto cruzou a bola na área e Firmino, que tinha acabado de entrar em campo, quase marcou o quarto, mas errou a bola. Aos 43, antes do fim da partida, foi a vez de NJr levar a bola até a área e furar o chute.

O Brasil poderia ter marcado o quarto, mas o time perdeu uma série de oportunidades. Mesmo assim, a equipe demonstrou superioridade e saiu vitoriosa do clássico.